Connect with us

Notícias

O que falta para Argentina de Messi passar Brasil campeão do mundo e Espanha campeã da Euro e atingir feito histórico da…

Artigo

em

Seleção argentina está há 31 jogos sem perder e é a única que ainda pode alcançar recorde de 37 partidas invictas da Itália, entre 2018 e 2021


Nesta quarta-feira (1), a partir das 15h45, no Estádio de Wembley, em Londres, Itália e Argentina, atuais campeãs de seus respectivos continentes, decidem a Finalíssima, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+. E além do título, há muito mais em jogo para os argentinos.

Há 31 jogos sem perder, a Alviceleste é a seleção que detém a maior sequência invicta do mundo neste momento. E, vencendo a Azzurra, a equipe comandada por Lionel Scaloni e que terá Messi disponível para a decisão, mantém viva a possibilidade de alcançar um feito histórico que ainda pertence aos italianos.

Está é a segunda vez na história que a Argentina alcança a marca, já que de 1991 a 1993, quando foi bicampeã da Copa América, campeã da Copa das Confederações e conquistou seu primeiro título da Finalíssima, que à época se chamava Copa Intercontinental de Seleções, o time também ficou 31 jogos sem perder, ou então 1.064 dias.

Entre outubro de 2018 e setembro de 2021, a seleção italiana ficou 37 jogos sem perder. A invencibilidade só caiu após derrota por 2 a 1 para a Espanha, pela semifinal da edição passada da Nations League.

Quem chegou mais próximo da Itália após a queda de sua invencibilidade foi a Argélia, que sequer disputará a Copa do Mundo no Qatar. Em janeiro deste ano, durante a disputa da Copa Africana de Nações, a seleção argelina perdeu por 1 a 0 para Guiné Equatorial, ainda pela fase de grupos, e deu fim a uma sequência de 35 jogos sem derrotas, desde 2018.

Na história, no geral, quem mais se aproximou de uma sequência como à da Itália foi a seleção brasileira, tetracampeã do mundo em 1994. Entre 1993 e 1996 (período que abrangeu a Copa de 94), a Amarelinha ficou 36 jogos seguidos sem perder. Logo atrás do Brasil, além da Argélia, também vem a Espanha, campeã da Eurocopa de 2008, que também ficou 35 partidas invicta, de 2007 a 2009.

Para a Argentina superar Brasil e Espanha e alcançar a Itália, faltam mais 6 jogos de invencibilidade. Já para superar a Azzurra, os argentinos precisam de mais 7 partidas invictos.

Veja como está o Top 5 de invencibilidade entre seleções agora:

  1. Itália – 37 jogos, de 2018 a 2021

  2. Brasil – 36 jogos, de 1993 a 1996

  3. Espanha – 35 jogos, de 2007 a 2009/ Argélia – 35 jogos, de 2018 a janeiro de 2022

  4. Argentina – 31 jogos, de 1991 a 1993 e de 2019 até hoje

  5. França – 30 jogos, de 1994 a 1996/ Itália – 30 jogos, de 1935 a 1939/ Hungria – 30 jogos, de 1950 a 1954

PUBLICIDADE

Notícias

Santos confirma venda de Léo Baptistão ao Almería, da Espanha

Artigo

em

Por

O Santos anunciou de forma oficial na noite desta quarta-feira (10) a venda do atacante Léo Baptistão, que vai para o Almería, da Espanha.

Pela negociação, o clube espanhol vai pagar 1,5 milhão de euros (aproximadamente R$ 8 milhões). Os clubes negociavam desde a última semana e o Santos aceitou a venda após o Almería aumentar a proposta inicial.

Contratado em setembro de 2021, Léo Baptistão deixa o Santos pouco menos de um ano após sua chegada. Com a camisa santista, o atacante – prestes a completar 30 anos – somou 7 gols e três assistências.

 

É CAMPEÃO! Real Madrid ‘papa’ mais um título ao bater o Eintracht Frankfurt na Supercopa da UEFA

Continue lendo

Notícias

Aldi esclarece que gelados Chupy Fresh retirados em Espanha não são vendidos em Portugal

Artigo

em

Por

Aldi esclarece que gelados Chupy Fresh retirados em Espanha não são vendidos em Portugal – ECO





O seu browser está desatualizado!

Atualize o seu browser para ter uma melhor experiência e visualização deste site. Atualize o seu browser agora

×

Continue lendo

Notícias

Campeão do mundo pela Espanha, Iniesta deseja sorte a Lincoln, novo reforço do Cruzeiro

Artigo

em

Por

O meia espanhol Andreas Iniesta, campeão do mundo com a Espanha em 2010, desejou sorte ao atacante Lincoln, novo atacante do Cruzeiro.

Iniesta usou sua conta particular no Instagram para mandar uma mensagem ao jogador brasileiro, seu companheiro no Vissel Kobe, do Japão, desde o ano passado.

Com a camisa do clube nipônico, Iniesta venceu duas taças, a Super Copa e a Copa do Imperador.

Iniesta assinou com o Vissel Kobe em 2018, logo que deixou o Barcelona. No clube catalão também fez história ao lado de Xavi, Puyol, Messi e tantos outras estrelas.

Continue lendo

+ VISTOS